São Paulo teve a madrugada mais fria desde 2004

A forte massa de ar polar que atua sobre São Paulo fez com que a madrugada desta terça-feira, 22, fosse a mais fria do ano em várias regiões do Estado. Na capital, foram registrados apenas 7,7 graus no Mirante de Santana, na zona norte, de acordo com medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Esta é a menor temperatura registrada na capital desde julho de 2004. A menor desse ano, 10, 1 graus, foi registrada na madrugada no dia 29 de junho. Esta terça, na capital, ainda deve ser um dia muito frio, com temperaturas entre 5 e 20 graus.A mais baixa temperatura do ano em São Paulo provocou o rompimento de um cabo da rede elétrica da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A circulação de trens foi interrompida em duas linhas (B e D) por cerca de três horas, a partir das 4h45, o que prejudicou a rotina de 8.500 passageiros. Além da temperatura - a mais baixa desde julho de 2004 - a cidade bateu outro recorde. Os albergues alcançaram, pela primeira vez em 2006, a lotação máxima. As 8 mil vagas foram totalmente ocupadas por moradores de rua. No litoral sul, a temperatura baixou bastante no Guarujá, que amanheceu com 10 graus na região da base aérea. Mas às 7 horas da manhã, os termômetros baixaram para 8 graus, o menor valor registrado este ano. A madrugada foi muito fria também na Serra da Mantiqueira. No centro de Campos do Jordão, nos bairros de Abernesia e Vila Jaguaribe, a temperatura chegou a 1 grau negativo. A geada, porém, foi considerada fraca na região, que se preparava para um frio maior nesta época do ano.Geada no SulA queda de temperatura voltou, como na segunda-feira, a provocar geada forte na madrugada desta terça-feira em todo o Sul do País, exceto na parte litorânea. Em São Joaquim, na serra catarinense, a cidade mais fria do País, a terça-feira amanheceu com 4 graus negativos, de acordo com dados do Inmet. Em Canoas, na região da Grande Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e em Foz do Iguaçu, no Paraná, os termômetros marcaram zero grau. Em Curitiba, o dia amanheceu com os termômetros registrando apenas 1 grau.Calor voltaA massa de ar polar começa a perder força nesta quarta no centro-sul do País. Embora a expectativa seja de muito frio ainda na próxima madrugada, o sol deve reaparecer durante a tarde de quarta-feira, 23, e as temperaturas começam a aumentar em São Paulo, ficando em torno dos 25 graus, de acordo com a meteorologista Patrícia Madeira, da Climatempo.Na próxima quinta-feira, 24, o sol e o ar seco voltam a atuar sobre as regiões Sul e Sudeste neste inverno. A temperatura vai subir rapidamente chegando aos 27 graus em São Paulo, calor que deve permanecer até o próximo sábado, 26.(Contribuiu Milton F.da Rocha Filho)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.