São Sebastião registra primeiro caso de dengue

O primeiro caso de dengue no litoral norte de São Paulo foi registrado em São Sebastião e confirmado pela Direção Regional de Saúde (Dir). O caso foi notificado no bairro Barequeçaba e o paciente disse que não deixou a cidade. Segundo o diretor da divisão epidemiológica da Dir, Antônio Carlos Vanzelini, a cidade vem apresentando um aumento no número de focos do Aedes aegypti, embora o combate ao mosquito tenha sido intenso desde a administração passada. "São Sebastião é uma prioridade", disse. A prefeitura vai intensificar a busca por focos do mosquito também nos bairros Topolândia e Pontal da Cruz.A Dir é responsável pelos quatro município do Litoral Norte, além de oito cidades do Vale do Paraíba. Vanzelini afirmou que dos seis casos registrados em São José dos Campos, todos são importados, ou seja, são pessoas que se contaminaram em outras cidades. O secretário de Saúde de Caraguatatuba, Marcos da Silveira Franco, informou que um caso de dengue foi notificado na manhã desta sexta-feira, mas o paciente, que está internado na Santa Casa da cidade, havia chegado do interior do Maranhão já contaminado. A família está de quarentena. Segundo Franco, os três focos de Aedes aegypti encontrados na cidade - um no bairro Indaiá e dois em bairros periféricos - foram debelados, mas o trabalho de combate ao Aedes não vai parar. "É uma guerra", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.