Sapatada na guerra

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

30 de dezembro de 2008 | 00h00

Porta-voz entusiasmada da turnê mundial do fim do mundo neste finalzinho de ano, a chanceler israelense Tzipi Livni é séria candidata a disputar com George Bush o centro das atenções da sapatada mais bem dada de 2008. Depois de considerar como "um sucesso" o que está acontecendo na Faixa de Gaza, francamente, ela merece!Tzipi luta contra o tempo para se igualar a Bush antes da virada de 2009, mas pode ser beneficiada justo pela posteridade do caso de seu oponente. Marcado para amanhã, em Bagdá, o julgamento do jornalista iraquiano que quase acertou o presidente americano na mosca tem tudo para reacender no ser humano a firme disposição de dar uma sapatada na guerra, seja ela lá qual for.Vale, entretanto, advertir a quem desceu para a praia e não sabe direito como aderir ao movimento: jogar sapatos no mar à meia-noite do dia 31 para despachar 2008 não é atitude ecologicamente correta, nem muito gentil com Iemanjá. CACILDACamile Paglia vem passar o carnaval com Daniela Mercury em Salvador. Isso quer dizer o seguinte: a Bahia ainda vai sentir saudades de Naomi Campbell.NADA A VERGisele Bündchen não ficou noiva no Natal, nem vai perder o trema no réveillon. E não se fala mais nisso, ok?Dáblio BrasilCom o fim da clandestinidade do "w", que retorna na quinta-feira ao alfabeto português com a bênção do novo acordo ortográfico, Washington Olivetto talvez tenha direito a alguma indenização pela lei da anistia. Ou não, né?!Dúvida cruelLula já mandou consultar especialistas: "pré-sal", pelas novas regras da língua portuguesa, vira "pressal"?Outra pessoaÉ grande a expectativa para a reaparição pública de dona Marisa Letícia nas praias de Fernando de Noronha, no réveillon. Comenta-se em Brasília que o brasileiro logo vai entender por que a primeira-dama precisou se ausentar por algum tempo. Verão 2009O carioca vai, aos poucos, habituando-se aos novos tempos. No lugar do pôr-do-sol, deu agora para aplaudir mormaço nas areias de Ipanema.Mulher anormalFausto Silva acrescentou o "caráter fora do normal" ao rol de adjetivos de sua autoria. A vítima, dessa vez, foi Cláudia Raia.Responda rápidoPor que só os carros fabricados depois de 2002 serão obrigados a fazer inspeção ambiental em São Paulo, se justamente quanto mais velho o veículo mais poluente a máquina?É grave a crise Gilberto Gil vai trabalhar no réveillon de Fortaleza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.