Sapucaí, que pode ter chuva, já recebe público no Rio

A duas horas do início do segundo dia dos desfiles das grandes escolas do Rio, as arquibancadas do Sambódromo começam a encher. Os setores populares já têm quase metade de seus lugares tomados, enquanto o chamado "setor zero", arquibancadas gratuitas montadas pela prefeitura na Avenida Presidente Vargas, está lotado há pelo menos três horas. Já os setores turísticos e os camarotes ainda estão vazios. A Porto da Pedra e a Mangueira, primeiras escolas a desfilar nesta segunda na Marquês de Sapucaí, poderão passar pela avenida debaixo de chuva, como aconteceu no domingo com a Acadêmicos da Rocinha e a Imperatriz. O Climatempo prevê chuvas para esta noite em áreas isoladas da cidade do Rio, incluindo a região central, onde fica o Sambódromo. Uma frente fria vinda da Argentina está avançando sobre o Rio de Janeiro em direção ao Espírito Santo e é causadora do mau tempo. O dia abafado, com períodos de céu claro e com nuvens, é mais um indício de mais chuva, informou o Climatempo.

Agencia Estado,

27 Fevereiro 2006 | 19h17

Mais conteúdo sobre:
carnaval carnaval 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.