Divulgação
Divulgação

Sapucaia (RJ) registra 18 mortos em decorrência da chuva

Corpos de membros da mesma família que se abrigou dentro de Fusca foram encontrados

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

11 Janeiro 2012 | 17h00

O texto foi atualizado às 17h40.

SÃO PAULO - Subiu para 18 o número de mortos confirmados em Sapucaia, no centro-sul fluminense, vítimas de deslizamentos ocorridos na região na madrugada de segunda-feira, 9. Entre as pessoas que morreram, estão 16 adultos (nove homens e sete mulheres) e duas crianças.

Por volta das 16 horas de hoje, os bombeiros encontraram o Fusca soterrado onde estava uma família. Segundo a Defesa Civil, as vítimas entraram no carro para se proteger da chuva. Estariam no veículo Francisco Edézio Lopes, de 46 anos, a esposa dele Valdinéia, as duas filhas do casal, Francine, de 15 anos, e Vitória, de 7, e um primo, Sebastião Lopes. Os corpos ainda não foram identificados.

Equipes de busca e salvamento continuam no local a procura de outras vítimas. Cães farejadores auxiliam nos trabalhos.

Dezessete pessoas morreram em decorrência do deslizamento de terra que atingiu oito casas em Jamapará e um homem morreu após uma casa desabar em outro bairro.

As buscas foram interrompidas por volta das 20h30 de ontem após voltar a chover forte na região. Hoje cedo, os bombeiros retomaram os trabalhos. De manhã, a Defesa Civil autorizou que as famílias retirassem móveis, televisões, geladeiras, e objetos pessoais.

Mais conteúdo sobre:
fusca Sapucaia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.