Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Saqueada carga de açúcar cristal e farelo de milho em SP

Um trem de carga da empresa Ferroban foi saqueado por moradores do Jardim Nova Esperança, na periferia de Sorocaba, região oeste do Estado de São Paulo, entre a noite desta terça-feira e a manhã desta quarta.A composição, formada por vagões carregados de açúcar cristal a granel e farelo de milho, seguia para o Porto de Santos. Na passagem por Sorocaba, o maquinista foi obrigado a reduzir a velocidade para atravessar trechos urbanos onde há risco de atropelamentos.Um grupo de moradores subiu na composição e conseguiu desconectar quatro vagões carregados com 200 toneladas de açúcar e 10 toneladas de farelo. Uma multidão, incluindo moradores de outros bairros, se juntou aos primeiros saqueadores. As pessoas usaram até sacos de lixo para carregar o açúcar.O ataque ao trem também mobilizou crianças e durou a noite toda. Seguranças da Ferroban e policiais militares foram até o local, mas optaram por não intervir por causa do risco de confronto. Segundo a Ferroban, o prejuízo foi superior a R$ 100 mil.A empresa informou terem ocorrido outras quatro tentativas de saque a trens só neste mês no mesmo local. A região é formada por favelas. Numa das tentativas, os saqueadores conseguiram parar um trem carregado de cimento, mas não levaram a carga.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 17h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.