Sargento da Marinha é preso no Rio por suspeita de esfaquear ex-namorada

Testemunhas disseram que homem estaria inconformado com o término do relacionamento e teria invadido a casa da vítima, que passou por cirurgia e não corre perigo

Fabiana Marchezi, estadão.com.br

22 de setembro de 2010 | 18h40

SÃO PAULO - Um sargento da Marinha foi preso na tarde desta quarta-feira, 22, sob suspeita de esfaquear a ex-namorada dentro da casa dela no Lins de Vasconcelos, subúrbio do Rio de Janeiro.

 

De acordo com a polícia, testemunhas disseram que o sargento estaria inconformado com o término do relacionamento de cinco meses e teria invadido a casa da vítima.

 

Depois da agressão, o suspeito teria fugido para o Hospital Naval Marcílio Dias, perto da casa da ex-namorada. Foi montado um cerco e os policiais conseguiram deter o sargento. Ele foi autuado por tentativa de homicídio.

 

A mulher foi levada para o Hospital Naval Marcílio Dias, onde passou por uma cirurgia e está fora de perigo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.