Sargento da PM mata 3 bandidos durante assalto em SP

O sargento Edson Camargo, da 1ª Companhia do 30º Batalhão, de Mauá, cidade do grande ABC paulista, reagiu a um assalto por volta das 23h de ontem e, na troca de tiros, matou três bandidos, deixando um quarto escapar. O policial, de 46 anos, estava dentro de sua picape S-10 quando foi rendido pelos marginais, dois deles armados com revólveres, na Rua Júlio Conos, altura do nº 81, no Jardim Limoeiro, região de Cidade Tiradentes, extremo leste da capital paulista.Os assaltantes levaram o PM até um matagal, na Estrada do Limoeiro, no mesmo bairro, onde três ficaram no carro e um desceu com o policial e ordenou que ambos se distanciassem do veículo. Os bandidos já haviam revistado o sargento e não encontraram nenhuma arma com ele nem sabia que a vítima era sargento da PM. Num determinado momento, o sargento sacou uma pistola, escondida sob as roupas, e atirou contra o bandido armado, pois estava prevendo que seria executado pelo assaltante.Um dos três comparsas que estavam no interior da picape conseguiu fugir, mas os outros dois ainda tentaram reagir à voz de prisão e foram baleados. Os três bandidos, sendo um deles menor, de 15 anos, e os demais sem documentos, foram levados para o Pronto-Socorro do Jardim da Glória, onde morreram. O caso foi registrado no 54º Distrito Policial, de Cidade Tiradentes, pelo delegado Antonio de Pádua Souza, como roubo seguido de resistência e mortes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.