Sargento do Exército é preso traficando drogas

Uma quadrilha de traficantes de entorpecentes, com oito integrantes, entre eles um sargento do Exército, foi presa, ontem à noite por agentes da 4ª DISE do Denarc. Foram apreendidos um pacote com dez quilos de cocaína, além de papelotes dessa droga, saquinhos de maconha e pedras de crack. Os agentes receberam uma denúncia anônima acusando a doméstica Aparecida de Jesus Perdomo, de 53 anos, de liderar o grupo que traficava em frente de uma lanchonete, na Freguesia do Ó, em São Paulo.Durante três horas, dez policiais disfarçados observaram a movimentação da quadrilha. Segundo os agentes, um Vectra verde chegou e saiu várias vezes daquele local levando e apanhando integrantes do bando. Quando concluíram que já havia provas suficientes do crime, os policiais fecharam o cerco e deram voz de prisão à quadrilha.O sargento Alberto Dias de Souza, de 27 anos, armado com uma pistola de calibre 38, estava no Vectra, onde foi encontrado o pacote com a cocaína. A namorada dele, a adolescente A.P.A.C, de 17 anos, também foi detida. Além do sargento, da namorada e de Aparecida, foram presos as filhas dela, Cíntia Regina Perdomo, de 22 anos, a balconista Sandra Christina Farro, de 32, os irmãos Cristiano Amorim da Silva, de 22, e Marcelo Amorim da Silva, de 30, e Márcio Edésio de Araújo, de 26.Alguns dos criminosos tentaram resistir à prisão e o policial Januário Soares Filho foi agredido. O grupo foi autuado em flagrante por tráfico de entorpecentes, porte ilegal de arma, formação de quadrilha e ainda por lesão corporal dolosa.

Agencia Estado,

04 de maio de 2002 | 08h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.