Sarney gasta R$ 23 mil com jantar e Casa paga conta

O Senado pagou R$ 23,9 mil por um jantar na residência oficial do presidente da Casa, José Sarney (PMDB), em homenagem ao ministro do Superior Tribunal de Justiça, César Asfor Rocha. Após a conta ter sido revelada ontem pela ONG Contas Abertas, Sarney decidiu ressarcir a Casa.

Eduardo Bresciani,

17 de maio de 2011 | 02h36

Como a legislação obriga licitação para compras e prestação de serviços acima de R$ 8 mil, os empenhos pagos pelo Senado foram divididos em buffet, bebidas e decoração. Os valores de R$ 7.990, R$ 7.944 e R$ 8 mil foram pagos a três empresas diferentes. Duas delas, porém, têm o mesmo telefone e endereço.

Em nota, a Secretaria Especial de Comunicação informou que Sarney já havia tomado a decisão de ressarcir a Casa na semana passada ao ser informado dos valores gastos para a recepção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.