Sarney: ''Graças a Deus não perdi meu bigode''

Operado semana passada para retirar tumor benigno no lábio superior, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB) festejou ter mantido o bigode. O procedimento cirúrgico foi semelhante ao de uma cirurgia plástica.

, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.