Sarney quer revisão no Estatuto do Desarmamento

Presidente do Senado também mencionou possibilidade de realizar novo referendo

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

11 de abril de 2011 | 14h20

SÃO PAULO - O presidente do Senado, José Sarney, afirmou nesta segunda-feira, 11, que submeterá às lideranças partidárias uma proposta de revisão do Estatuto do Desarmamento. Ele mencionou também a possibilidade de realizar novo referendo para tratar do tema.

 

"Acho que qualquer iniciativa no sentido de promover, de criar uma consciência nacional contra o desarmamento, é muito bem vinda. Toda vez que temos armas no país, evidentemente que elas têm por finalidade aumentar o crime", declarou Sarney.

 

Em 2005, quando aconteceu o referendo sobre o desarmamento, mais de 60% da população votou contra a proibição do comércio de armas de fogo e munições no País. A discussão voltou à tona após o episódio da última semana, quando um jovem matou 12 crianças em uma escola no bairro de Realengo, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.