Sátira da ''faxina'' em twitter oficial

Planejamento reproduz notícia fictícia sobre Dilma

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

19 Agosto 2011 | 00h00

O perfil oficial do Ministério do Planejamento no Twitter postou ontem uma mensagem, por volta das 15h20, dizendo que a presidente Dilma Rousseff seria garota-propaganda do produto "Veja Limpeza Pesada".

O link que havia no comentário remetia a uma matéria do jornal Sensacionalista, que afirmava que a faxina feita por Dilma nos ministérios do governo teria lhe rendido um contrato milionário na área da propaganda. Além disso, o texto dava mais informações sobre as características do suposto produto, "que pode ser encontrado em várias fragrâncias, de acordo com a sujeira e o fedor que se quer combater: ministro corrupto, secretário golpista, assessor estelionatário e aspone aproveitador".

A publicação, cujo slogan é "um jornal isento de verdade", faz sátiras através de notícias fictícias. A assessoria do ministério disse que "houve um erro" e que a mensagem foi apagada logo em seguida. A servidora responsável vai ser exonerada.

Não é a primeira vez que uma gafe como essa é cometida. Em fevereiro, uma servidora do Supremo Tribunal Federal (STF) foi dispensada após fazer um comentário contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), no Twitter oficial da Corte. A mensagem dizia: "Ouvi por aí: "Agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?"".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.