Secretaria de São Paulo responde a Garotinho

Diante das afirmações do secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, sobre o número de vítimas de seqüestro em São Paulo, a Secretaria de Segurança Pública paulista emitiu a seguinte nota: "A assessoria de comunicação da Secretaria da Segurança Pública informa que os índices de seqüestros no Estado de São Paulo estão em queda desde janeiro de 2002, quando tivemos 48 casos e fechamos janeiro de 2003 com 8 seqüestros registrados, e queda de 83%. Esse resultado foi obtido devido ao combate sem trégua ao crime organizado. "Se compararmos os quatro primeiros meses de 2002 com o mesmo período de 2003, a queda é de 74,8%. Em fevereiro desse ano tivemos 13 casos, em março, 9 registros, e em abril, 7 seqüestros. Este ano, a Divisão Anti-seqüestro já esclareceu 21 casos, prendeu 79 seqüestradores e localizou 18 cativeiros. "A Secretaria da Segurança de São Paulo tem como compromisso a transparência de ações e de seus dados. Reitera a importância da colaboração mútua entre os Estados, em especial o Estado do Rio de Janeiro, fato comprovado pela permanência nesta semana do subsecretário Marcelo Itagiba em curso ministrado pelo FBI e autoridades paulistas, presença essa que muito honra a SSP."

Agencia Estado,

09 Junho 2003 | 21h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.