Secretaria muda-se para ajudar a revitalizar o centro de SP

Dentro de 30 dias, a Secretaria Municipal de Transportes (SMT), a São Paulo Transporte (SPTrans) e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) passarão a funcionar em um prédio, na região da Praça Ramos de Azevedo, no centro de São Paulo, onde atuarão unificadas. Segundo o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, com essa mudança, que faz parte do programa de revitalização do centro, haverá uma racionalização do trabalho da secretaria e das duas empresas, o que significará maior agilidade, produtividade e economia à SMT. Jilmar Tatto explicou que essa mudança resultará, também, em uma economia de cerca de mais de R$ um milhão por ano de aluguel. Isto porque, para alugar os dois prédios no centro, pelos quais será pago um total de R$ 90 mil mensais, a SPTrans e a CET vão desocupar dois imóveis atualmente alugados, ambos por cerca de R$ 180 mil. Um desses prédios é onde fica a atualmente a sede da SPTrans, na rua 13 de Maio, na Bela Vista; o outro, do setor de engenharia e sinalização da CET, na rua Hermano Marchetti, na Lapa. A sede da SMT, da SPTrans e da CET ficará num prédio de 16 andares localizado no edifício Alfredo Egydio, que pertence à Fundação Itaú-Banco, na Rua Barão de Itapetininga, 18. Nele ficarão os gabinetes da secretaria e das empresas e suas respectivas assessorias. Outro prédio foi alugado na rua 15 de novembro, 268, onde, entre outros departamentos, funcionará o serviço de atendimento ao público da SMT. O Departamento de Transportes Públicos (DTP) e o Departamento de Operações do Sistema Viário (DSV) permanecerão nos mesmos locais em que se encontram hoje. O DTP, na rua Joaquim Carlos, 655, no Pari; e o DSV, na rua Sumidouro, 740, em Pinheiros. O imóve l em que ficava o Gabinete da SMT, na av. Nações Unidas, 7.123, foi cedido para a Subprefeitura de Pinheiros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.