Secretário de SP prega união das polícias contra crime organizado

Só a união de forças policiais estaduais, federais, do Poder Judiciário e do Ministério Público permitirá ao Brasil combater o crime organizado e a lavagem de dinheiro.A afirmação foi feita nesta segunda-feira pelo secretário de Segurança Pública, Saulo Abreu, durante a abertura, em São Paulo, do 1º Seminário sobre Lavagem de Dinheiro e Corrupção Pública, com a presença de agentes do FBI e da Polícia Federal dos Estados Unidos.Mais de 400 policiais brasileiros também participaram do evento. Saulo espera que os policiais paulistas aprendam com os americanos como profissionais de outros países estão combatendo a lavagem de dinheiro.Para Saulo, a divisão de tarefas entre o Ministério Público, o Poder Judiciário e as polícias, sem troca de informações, favorece o criminoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.