Secretário de Trânsito de Macaé é assassinado

O secretário de Trânsito de Macaé, Fernando Magalhães, 56 anos, foi assassinado a tiros na noite de quinta-feira, 31. Ele foi vítima de emboscada no bairro Aroeira. A governadora Rosinha Garotinho determinou ao secretário de Segurança, Roberto Precioso, prioridade no caso.A polícia suspeita que o crime tenha sido encomendado por empresários ligados à máfia das vans. Magalhães foi o responsável pelo reordenamento do trânsito em Macaé, reduzindo de 640 para 52 o número de vans que circulavam na cidade. O prefeito de Macaé, Riverton Mussi, decretou luto oficial de três dias.Rosinha determinou a Precioso que mandasse uma equipe da delegacia de Homicídios à cidade. O corpo do ex-secretário foi velado na Câmara dos Vereadores e enterrado ontem à tarde, no Cemitério Memorial. Magalhães andava com seguranças desde que um fiscal da sua equipe fora assassinado, em abril do ano passado.Na quinta-feira, dois homens num carro ainda não identificado fecharam a caminhonete S-10 do presidente da Macaé Transportes, nome da autarquia criada por Magalhães em substituição à secretaria. Os assassinos dispararam vários tiros. O segurança Rinaldo Pereira de Freitas, de 40 anos, foi atingido na cabeça e está em estado grave no Hospital Público Municipal.Outro segurança do secretário, Edson Souza, nada sofreu e já prestou depoimento na 123ª Delegacia de Polícia. De acordo com o superintendente do HPM, Aluízio dos Santos Júnior, Magalhães chegou morto ao hospital. "Provavelmente foi o tiro que atingiu o tórax que provocou a morte", disse ele.Matéria ampliada às 17h12

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.