Secretário diz que ausência de investimentos provocou atual situação na rede de ensino em SP

O secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider, explicou que a ausência de investimentos provocou a situação crítica atual na rede de ensino e provocou a disseminação de estruturas de latas na cidade. Ele participou nesta quarta-feira de mais um debate "Repensando São Paulo", promovido pelo Jornal da Tarde, que discutiu sobre Educação. Schneider destacou que atualmente a prefeitura encontra dificuldades para localizar terrenos e expandir a rede de ensino, principalmente na periferia. O secretário acredita que a educação só irá melhorar com investimentos nos professores e envolvimento da sociedade. "Já temos uma proposta que será colocada na Câmara de aumento dos vencimentos dos professores e também queremos envolver aa comunidade, fazer com que os pais e alunos se apropriem da escola", afirmou.Durante o evento, o secretário ressaltou que as 72 salas de aulas - instaladas em contêineres anexos às escolas de alvenaria - abrigarão alunos somente até o final deste ano. Algumas destas salas são usadas como brinquedoteca ou salas de leitura. Ele também afirmou que as sete escolas de lata que ainda estão em funcionamento deverão ser desativadas até o final deste mês. Alexandre Schneider informou também que a partir de novembro, a Prefeitura pretende iniciar o Sistema de Avaliação de Aproveitamento Escolar, já apelidado de "provão municipal", que irá diagnosticar a qualidade do ensino nas 466 escolas do município. Além do secretário, também participaram do evento Ilona Becskeházy, diretora-executiva da Fundação Lemann; Cláudia Costin, vice-presidente da Fundação Victor Civita e Ismar de Oliveira Soares, coordenador do Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP).O ?Repensando São Paulo? discutirá na próxima segunda-feira o urbanismo na capital. As inscrições para acompanhar o debate podem ser feitas pelo telefono 6972.1390 ou pelo site do JT.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.