Secretário diz que não há data para reajuste de tarifa de ônibus

O secretário de comunicação da Prefeitura de São Paulo, José Américo Dias, afirmou nesta terça-feira que não há data para que a administração municipal anuncie o reajuste da tarifa de ônibus na capital paulista. Ele disse também que estão sendo realizados estudos das planilhas de custos das empresas de ônibus para decidir qual seria o novo valor. Atualmente, a tarifa no município é de R$ 1,40. Háexpectativa de que o reajuste seja de 21,5%, o que fará com que o preço chegue a R$ 1,70. Os empresários do setor, no entanto, querem a tarifa no valor de R$ 1,91.O secretário da prefeitura justificou o provável aumento em razão dos custos do setor terem subido. Dias citou como exemplo o óleo diesel e a gasolina. "Além disso, estamos há 18 meses sem reajuste", comentou.

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2002 | 15h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.