Secretário diz que Rocinha é atendida por programas sociais

O secretário de Ação Social do Rio, Fernando Ilha, contestou as afirmações de que a Rocinha foi abandonada peloPoder Público. Ele disse que o volume de ações públicas na Rocinha é grande e todos os programas do estado que atendem ajuventude estão implantados na favela."A Rocinha é uma região, uma comunidade, onde a ação do Poder Público é efetiva, mas, pela própria situação geográfica, elatende naturalmente a ser uma região de conflito", afirmou ele. Ilha explicou à Agência Brasil que a comunidade se situa numa região onde a demanda e o poder aquisitivo das pessoas pelo consumo de drogas é grande.Segundo o secretário, quase 500 famílias se beneficiam de programas de transferência de renda, como cheque cidadão; outras 500 famílias recebem o leite saúde. Há ainda o programa Jovens pela Paz , Vida Nova e Jovem Trabalhador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.