Secretário do Rio admite falha na segurança de Ellen Gracie

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Roberto Precioso, disse nesta sexta-feira que houve falha de segurança na chegada da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie, ao Rio, na noite de quinta-feira.A falha teria facilitado a aproximação de assaltantes, quando ela e o ministro do STJ, Gilmar Mendes, passavam de carro pela Linha Vermelha. Segundo Precioso, que participa da formatura da última turma de policias federais, na Academia Nacional de Polícia Federal, a ministra tinha direito de requisitar esquema de segurança da Polícia Federal, como presidente do Supremo, mas dispensou, o que, na opinião do secretário, foi uma "imprudência".Precioso disse que o veículo no qual estavam os ministros do STF já foi recuperado, em operação das polícias civil e militar do Rio. Durante a operação, segundo o secretário, foram mortos dois bandidos.Roberto Precioso admitiu em rápida entrevista que a Segurança Pública do Rio enfrenta dificuldades, como na maior parte das grandes cidades brasileira. O problema, segundo ele é estrutural do País. Ele citou, por exemplo que no Rio existem 712 favelas, em condições de extrema pobreza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.