Secretário e mais dois são presos por desvio de marmitas em hospital no Rio

Funcionários da Secretaria de Obras de Itaocara recebiam comida que deveria ir para o Hospital Municipal

Central de Notícias,

06 Abril 2011 | 10h23

SÃO PAULO - O Secretário Municipal de Obras de Itaocara, no noroeste do Rio de Janeiro, Sebastião Henrique de Souza, e outras duas pessoas foram detidas e encaminhadas para a 135ª Delegacia de Polícia após serem flagrados recebendo marmitas de comida desviadas do Hospital Municipal.

 

O esquema começou a ser investigado após a Promotoria de Justiça da cidade receber denúncia anônima. De acordo com a informação recebida, todos os dias, entre 10h30 e 11h, um carro da prefeitura buscava as refeições preparadas na cozinha do hospital e levava para a Secretaria de Obras. O alimento era servido de almoço aos funcionários do órgão. No último dia 1º a ação criminosa foi flagrada por policiais do Grupo de Apoio aos Promotores (GAP).

 

Além do Secretário, o motorista Bruno da Cunha Costa e a coordenadora do hospital municipal, Berenice Guimarães dos Santos, foram encaminhados à delegacia, onde prestaram depoimento. Dezesseis quentinhas foram apreendidas. Foi lavrado um termo circunstanciado. O documento será posteriormente remetido ao Ministério Público.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.