Secretário nega exigência de sequestrador sobre Polícia Civil

O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Marco Vinicio Petrelluzi, negou hoje à tarde, em entrevista coletiva, que o sequestrador Fernando Dutra Pinto tenha exigido o afastamento da Polícia Civil das negociações para a libertação do empresário e apresentador Silvio Santos. Segundo ele, a determinação para que a Polícia Militar assumisse o comando da operação foi dele próprio.De acordo com o secretário, o sequestrador não pediu a presença do governador Geraldo Alckmin. Foi Silvio Santos quem telefonou para o secretário para pedir a ajuda do governador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.