Secretário vai interrogar Beira-Mar na Colômbia

O secretário de Segurança Pública do Estado do Rio, coronel Josias Quintal, viajou na madrugada de hoje para a Colômbia para interrogar o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, que foi preso na Colômbia. O comunicado da prisão foi feito ontem, pouco antes da meia-noite, pelo chefe do Serviço de Inteligência do Exército Colombiano, Arcésio Barreiro, ao governador Anthony Garotinho. Quintal viajou com o delegado Rodrigo Teixeira de Oliveira, da Delegacia Anti-Sequestro, e o major PM Rogério Seabra, seu assessor. Segundo o assessor de imprensa da Secretaria de Segurança, Renato Homem, a viagem de Quintal à Colômbia não tem o objetivo de trazê-lo para o Brasil, onde ele tem condenações e pedidos de prisão preventiva decretados. Segundo Homem, esse procedimento tem implicações jurídicas envolvendo até o Ministério das Relações Exteriores, e cabe ao Poder Judiciário tomar alguma providência. A chegada do secretário a Bogotá, capital da Colômbia, estava prevista para as 11 horas de hoje (hora de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.