Segue busca por turista desaparecida em naufrágio no Pará

Elise Ribeiro estava na embarcação Amazon, que atingiu um banco de areia no Rio Tapajós; 26 foram resgatados

JULIA BAPTISTA, Agência Estado

17 de julho de 2010 | 13h53

SÃO PAULO - A busca pela turista Elise Ribeiro, de 50 anos, moradora de São Paulo, continua durante a tarde e a noite deste sábado, 17, em Santarém (PA), localizada a 1.520 km de Belém, informou a Capitania dos Portos do município. Elise desapareceu depois que o barco no qual ela e mais 26 pessoas passeavam, o Amazon Green, feito de madeira, ter batido contra um banco de areia durante uma tempestade. As 26 pessoas foram resgatadas com vida. No trecho onde houve a batida a profundidade, segundo a Capitania dos Portos de Santarém, chega a 15 metros.

Segundo o capitão-tenente Carlos Augusto, da Capitania dos Portos Santarém, quatro embarcações - da marinha, bombeiros e de apoio - e cerca de 15 homens das equipes de resgate da Delegacia Fluvial e do Corpo de Bombeiros do Pará foram deslocados para fazer as buscas no local. "[as buscas] vão continuar sem previsão para encerrar. Esperamos encontrá-la viva", disse o capitão. Os militares da Capitania informam que a passageira deve ter ficado presa no camarote do Amazon, embarcação particular que saiu de Santarém e seguia para Itaituba.

Tudo o que sabemos sobre:
naufrágioParáRio Tapajós

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.