Segurança de shopping do Rio morre ao tentar evitar assalto

O sargento da Polícia Militar Almir Ferreira da Costa, de 45 anos, foi assassinado com dois tiros nas costas ao tentar evitar um assalto à joalheria Lulean, no Norte Shopping, onde trabalhava como segurança. Houve pânico entre os vendedores das lojas vizinhas e os poucos clientes que já estavam no local, o maior centro de compras da zona norte do Rio.Uma adolescente de 15 anos foi ao shopping acompanhar a movimentação da polícia e também foi assaltada por um homem armado, 15 minutos depois de o corpo do policial ter sido retirado da loja.O assassinato aconteceu às 10h15. Um homem com mochila nas costas entrou na loja e pediu para ver uma pulseira, avaliada em R$ 3 mil. Quando a vendedora lhe mostrou a jóia, o rapaz anunciou o assalto. O segurança, então, se identificou como policial, sem saber que outros homens davam cobertura ao assaltante. Do lado de fora da loja, um dos criminosos disparou três vezes. Dois tiros atingiram as costas do policial.O corpo levou duas horas para ser removido pela brigada de incêndio do shopping.

Agencia Estado,

16 de dezembro de 2004 | 12h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.