Segurança reforçada em DP na zona leste

Desde o final da noite de ontem, a polícia foi obrigada a reforçar as seguranças interna e externa do 32º Distrito Policial, de Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo. A chefia de investigação da delegacia recebeu um telefonema anônimo e foi informada sobre um possível resgate de presos que ocorreria na madrugada deste sábado.A informação era de que integrantes do Primeiro Comando da Capital - PCC - responsável pelo maior motim ocorrido em todo o país no último domingo, iriam invadir o Distrito Policial e realizar o resgate, mas não foi informado de quais presos.Vários carros do Grupo de Operações Especiais (GOE) e do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA), ambos da Polícia Civil, e outros da 1ª Companhia do 29º Batalhão fazem a segurança da delegacia.Policiais militares, em revezamento, continuam realizando patrulhamento em todas as ruas que circundam o 32º Distrito Policial, de Itaquera, à procura de suspeitos e a pedido do delegado Cícero Simão, responsável pelo plantão noturno da delegacia.A delegacia de Itaquera possui 5 celas, e uma do chamado Seguro, onde ficam, atualmente, 10 presos, os jurados de morte pelos demais. Apesar de comportar, em condições normais, apenas 40 presos, a carceragem de Itaquera abriga mais de 170 homens.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.