Seguranças de shopping ajudam a acabar com seqüestro em SP

Um jovem que estava sequestrado desde domingo foi libertado na noite desta segunda-feira, em São Paulo, graças à decisão de um dos criminosos de realizar compras num shopping center. Seguranças do estabelecimento desconfiaram das diferenças entre os trajes do sequestrador e da vítima e chamaram a polícia, que conseguiu libertar uma outra vítima que ainda estava no cativeiro. Segundo a Rádio CBN, o caso teve início na noite do último domingo, quando os dois amigos foram abordados por três homens armados, na região do Campo Belo, área Sul da cidade. Os dois rapazes inicialmente foram levados para um cativeiro no bairro do Capão Redondo, extremo-Sul de São Paulo, e depois transferidos para outro cativeiro no Campo Limpo, também na zona Sul. No cativeiro do Campo Limpo, outros dois seqüestradores aguardavam as vítimas.Os jovens foram constantemente ameaçados de morte pelos bandidos. Ontem à noite, um dos seqüestradores decidiu levar um dos rapazes para um shopping, no bairro do Ibirapuera, região Sul da cidade. Ele obrigou a vítima a comprar vários produtos, principalmente tênis e roupas importadas. A equipe de segurança do shopping, no entanto, desconfiou da diferença entre as roupas usadas pelo seqüestrador e pelo rapaz e acabou chamando a polícia. Soldados da Polícia Militar se dirigiram ao local, prenderam o marginal e descobriram o cativeiro onde se encontrava a outra vítima. No local, outros dois criminosos foram detidos e dois conseguiram fugir. Os três sequestradores presos foram identificados como Sidney Evangelista, Mateus Pereira Alves e Luciano Rocha Alves.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.