Seis morrem com tiros na cabeça em chacina em Aparecida de Goiânia

Havia sete pessoas na casa na hora do crime e apenas um bebê de dez meses sobreviveu

Solange Spigliatti, Agência de notícias

20 Novembro 2011 | 15h29

Seis pessoas, entre elas uma criança de quatro anos, foram mortas a tiros na noite de sábado (19), no Jardim Olímpico, em Aparecida de Goiânia. Havia sete pessoas na casa na hora do crime e apenas um bebê de dez meses sobreviveu.


 

Segundo o capitão Gerson Ferreira da Silva, todas as vítimas foram executadas com tiros na cabeça. De acordo com ele, uma das vítimas, uma mulher de 21 anos, tinha envolvimento com drogas, com prostituição e mantinha um relacionamento com um presidiário.


 

De acordo com a polícia, além da hipótese de ligação com o tráfico, há a possibilidade de crime passional. Ainda não há pista do autor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.