Seis mortos e um ferido durante a noite na Grande SP

Das 20h até o final da noite desta terça-feira, pelo menos seis pessoas foram assassinadas na capital e Grande São Paulo. Uma sétima vítima continua internada. Segundo informações da polícia, a maioria dos crimes pode estar relacionada especificamente ao tráfico de drogas ou então motivada por acerto de contas entre bandidos.Dupla mata cliente de bar e leva R$ 30 do caixaPor volta das 22h30, em um bar na Rua Guilherme de Oliveira Sá, em Emelino Matarazzo, na zona Leste, dois bandidos mataram João Batista de Oliveira, de 49 anos, que, como cliente do bar, tentou reagir ao assalto. O dono do estabelecimento, Benedito Gonçalves Neto, de 31, que teria incentivado o cliente a retirar a arma do bandido durante a luta corporal, também acabou baleado e foi levado para o Pronto-Socorro de Ermelino, onde não corre mais perigo. A dupla levou do bar R$ 30. O caso foi apresentado no 62º Distrito Policial, do Jardim Popular.Baleado na cabeça morre a caminho do PSÀs 22h, na esquina entre as avenidas Vital Brasil e Valdemar Ferreira, próximo à Cidade Universitária, na zona Oeste de São Paulo, Carlos Alberto Mariano, que não possuia passagem pela polícia, foi baleado na cabeça e morreu a caminho do Pronto-Socorro Universitário. Não houve testemunha para o crime, segundo o delegado Alexandre Polito Ferreira, do 51º Distrito Policial, do Butantã, onde o homicídio foi registrado. A polícia acredita em crime de vingança.Homem é morto com vários tiros no ABCCom vários tiros, Josafá Robles Guster foi morto por volta das 22h30 na Rua Laplace, na Vila Suíça, em Santo André (ABC Paulista). A vítima ainda foi encaminhada ao Pronto-Socorro Central da cidade, onde morreu.Ainda na noite desta terça-feira, foram registados outros dois homicídios na região do Parque São Rafael, na zona Leste da capital e um no Capão Redondo, zona Sul. Desempregado mata um e fere outro em bar do CentroPor volta das 15h de ontem, o desempregado Manoel da Silva, de 33 anos, armado com um revólver calibre 38, entrou atirando em um bar na Rua São Francisco, próximo à antiga sede da Prefeitura de SP, região do Parque Dom Pedro. Foram baleados Francisco Cleanti Neves Romão, que morreu no local, e Antonio Volney de Oliveira Pinheiro, que está internado no Pronto-Socorro do Servidor Público Municipal. Guardas municipais foram acionados por testemunhas e detiveram o assassino minutos depois na região. O caso foi registrado no 01º Distrito Policial, da Sé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.