Seis mortos em acidente com monomotor em SC

Cinco membros da família Montezano morreram nesta terça-feira de manhã em Aurora, cidade catarinense do Alto Vale do Itajaí, a 177 quilômetros de Florianópolis, quando o monomotor em que viajavam do interior de São Paulo para Criciúma explodiu.Francisco Montezano, de 72 anos, IracemaMarins Montezano, 66, Ivo Montezano, 40, Noeli Montezano Santos, 30, e Jônatas Montezano, 23, participariam do velório de um parente no município do Sul de Santa Catarina.O piloto Paulo Sérgio Scrignoli, de 47 anos, que também faleceu no acidente, partiu com a aeronave prefixo PT-EGL de Votuporanga e pegou os passageiros em Macaubal. A viagem, de cerca de mil quilômetros, do Oeste de são Paulo até Criciúma foi interrompida quando faltavam 200 quilômetros para a chegada.Ainda não se sabe o que causou a tragédia. Duas hipóteses foram levantadas pela Delegacia de Polícia de Rio do Sul, cidade vizinha a Aurora, onde as investigações estão em andamento. Pode terhavido falha mecânica ou, como chovia muito, o piloto pode ter entrado numa turbulênciaem alta velocidade.De acordo com a policial civil Cláudia Stedile dos Santos, o monomotor deve terexplodido depois da colisão.A região é bastante montanhosa e os bombeiros tiveram que abrir caminho pelo mato para chegar aos destroços, onde encontraram os seis corposcarbonizados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.