Seis soldados da Aeronáutica são investigados por agressão no PA

Imagens gravadas em um celular mostram seis homens espancando soldado dentro de sala no Hospital de Aeronáutica, em Belém

Gheisa Lessa,

10 Agosto 2012 | 11h12

SÃO PAULO - O Comando da Aeronáutica divulgou na última quinta-feira, 9, que vai afastar seis soldados da companhia envolvidos em uma série de agressões registradas no último dia 20 de julho no Hospital de Aeronáutica, no bairro de Souza, em Belém.

A agressão foi gravada pela câmera do celular de um agente do quartel. As imagens mostram um soldado obrigado pelos colegas a cumprir as ordens do grupo agressor, que espanca o soldado. 

Em nota, o comando afirma que acompanha as investigações do caso e que os culpados receberão as punições de acordo com a lei.

A Aeronáutica afirma ainda que os agentes podem ser expulsos da corporação depois da conclusão do inquérito policial e o encaminhamento do caso para a Justiça Militar.

Mais conteúdo sobre:
aeronáutica espancamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.