Seis suspeitos morrem em confronto com a polícia no Rio

Tiroteio ocorreu durante patrulhamento de rotina próximo ao acesso 5 da linha Amarela, em Inhaúma

Solange Spigliatti, estadão.com.br

13 de setembro de 2010 | 15h37

SÃO PAULO - Seis suspeitos morreram, e um outro teria se ferido gravemente, segundo a polícia, durante troca de tiros com policiais militares na manhã desta segunda-feira, 13, na Avenida Pastor Martin Luther King Júnior, em Inhaúma, na periferia do Rio de Janeiro.

 

Segundo a Polícia Militar, o confronto ocorreu durante patrulhamento de rotina próximo ao acesso 5 da linha Amarela. O grupo, que estava em dois carros, foram abordados e começaram o tiroteio. Os dois veículos, um Meriva e em C4 Pallas, além de um fuzil, quatro pistolas e dois quilos de cocaína, foram apreendidos.

 

De acordo com o delegado Antônio Nunes, da 44ª DP (Inhaúma), os detidos foram encaminhados para o Hospital Salgado Filho, mas não resistiram aos ferimentos e faleceram.

 

Um outro suspeito, que seria o segundo na hierarquia do tráfico do Morro do Jacarezinho, estaria ferido gravemente, de acordo com o delegado.

 

Granada. Uma granada foi encontrada no pátio da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), na Avenida Brasil, em Realengo, no Rio, na manhã desta segunda-feira, 13.

 

Segundo a PM, funcionários do órgão encontraram o artefato por volta das 10h15 e acionaram a polícia. Uma equipe do Esquadrão antibomba está no local. Ainda não há informação se a Granda é de fabricação artesanal ou industrial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.