Polícia Militar do Paraná/Reprodução
Polícia Militar do Paraná/Reprodução

Seis suspeitos são mortos pela polícia durante ataque a banco no interior do Paraná

Segundo a polícia, o grupo iria explodir caixas eletrônicos da cidade de Três Barras do Paraná, mas acabou cercado e, na troca de tiros, foi morto

Julio Cesar Lima, Especial para o Estadão

04 de novembro de 2021 | 17h10

Seis suspeitos foram mortos pela polícia na madrugada desta quinta-feira, 4, em Três Barras do Paraná, no oeste paranaense. Segundo a polícia, o grupo iria explodir caixas eletrônicos da cidade, mas acabou cercado e, na troca de tiros, foi morto. Um inquérito da Polícia Civil deve apurar as circunstâncias em que as mortes aconteceram. 

Investigadores informaram que o objetivo da quadrilha seria atacar agências do Sicredi e do Banco do Brasil na cidade de 12 mil habitantes. A PM realizou um cerco e disse ter se beneficiado de informações previamente obtidas pelo setor de inteligência sobre a ação na cidade, que estava sendo monitorada. 

Durante a ocorrência, um dos carros do grupo foi cercado na área rural da cidade e imagens gravadas por moradores mostraram vidros de lojas e carros estacionados atingidos pelos disparos. Após o tiroteio, o Samu foi acionado, mas nenhum suspeito resistiu aos ferimentos.

O caso em Três Barras do Paraná foi o segundo da semana em que a polícia matou suspeitos de planejarem ataques a bancos. Ao menos 26 suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em assaltos do chamado "novo cangaço" morreram em uma operação da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal no domingo, 31, em Varginha, sul de Minas Gerais. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.