Sem elevadores, idosos e cadeirantes precisam ser atendidos no térreo

O prédio da Avenida do Estado foi inaugurado ontem com muitas escadas com degraus largos e poucas rampas e elevadores para portadores de necessidades especiais. Idosos e pessoas em cadeiras de roda tiveram dificuldade para se locomover no interior do edifício. Os cadeirantes só não encontraram dificuldades na entrada porque se instalou uma rampa no acesso.

, O Estadao de S.Paulo

15 de setembro de 2009 | 00h00

Mas as escadas impedem que eles cheguem às salas de atendimento nos andares superiores.

''Não tem condições de andar aqui'', disse o cadeirante aposentado Everardo Kobel de Toledo, de 56 anos, que reclamaria de uma cobrança equivocada de IPVA. ''Acho péssimo eles não pensarem nessa questão de acessibilidade. Já bastam as ruas esburacadas.''

O professor Sérgio da Silva, de 55 anos, também sentiu falta de adaptação. ''Os cadeirantes e outras pessoas com algum tipo de deficiência são uma realidade. Não tem como inaugurar um prédio sem pensar no bem-estar deles'', criticou.

A solução encontrada pelo Detran foi atender esses usuários no andar térreo do edifício.

Segundo o departamento, os funcionários dos setores saíam das salas e desciam ao térreo para falar com as pessoas e para encaminhar as demandas. O órgão informou que a situação mudará no fim do mês, quando os elevadores serão inaugurados. Mas não serão construídas mais rampas, além da existente na entrada.

O aposentado Kobel disse que, apesar de ter ficado decepcionado com a falta de acessibilidade, ficou satisfeito com o atendimento recebido. ''Foi bom e rápido. Mas o meu problema não foi resolvido. Espero voltar da próxima vez ver os elevadores em pleno funcionamento'', disse.

As dificuldades com a acessibilidade nos prédios do Detran começaram antes de a sede do órgão, no Ibirapuera, zona sul, ser desativada. os cinco elevadores deixaram de funcionar e os cadeirantes tiveram dificuldades para se locomover pelo prédio na sexta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.