Sem legenda, mensaleiro se registra para disputar eleição

O ex-deputado federal José Borba (PMDB-PR) foi o primeiro candidato a registrar o nome hoje no Tribunal Regional Eleitoral (PR) em Curitiba. Embora não tenha sido incluído na listagem aprovada pela convenção do PMDB, Borba fez o registro individual. Ele tinha renunciado ao cargo em setembro do ano passado, depois de ter o nome envolvido com denúncias de participação no esquema de caixa 2 supostamente montado pelo empresário Marcos Valério.O registro da candidatura pode ser pedido tanto pelo candidato quanto pelo partido. Mas se o nome do ex-deputado não foi escolhido na convenção ele não poderá disputar a eleição. A convenção estadual do PMDB, realizada no dia 26 de junho, rejeitou a inscrição de José Borba. Ele renunciou ao mandato para escapar o processo de cassação na Câmara. Ele disse que tomaria essa atitude pois pretendia o julgamento popular. "É o correto e soberano", qualificou. Caberá ao TRE decidir se confirma ou não a candidatura. Caso seja confirmado, ele terá direito de participar das propagandas gratuitas da legenda, o que a executiva regional tenta de todas as formas evitar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.