Sem-terra desocupam área em Taubaté

As cem famílias que ocupavam área pública no km 119 da Via Dutra, em Taubaté, deixaram o local. A desocupação ocorreu após negociação do Movimento dos Sem Terra (MST) com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), para desapropriação de quatro áreas no Vale do Paraíba. Coordenador regional do MST, Valdir Martins disse que a ocupação serviu para pressionar o governo a acelerar processos de desapropriação. "Fazemos jornada de luta em abril para lembrar companheiros mortos no Pará, mas também quisemos questionar o Incra."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.