Sem-terra protestam contra decisão judicial

CAMPINAS

, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2010 | 00h00

Ao menos 150 integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) protestaram na manhã de ontem em frente à Prefeitura de Campinas. Os sem-terra estavam acampados em uma área da fazenda Monte d"Este, do grupo Tozan, desde o dia 13 e tiveram de desocupar o local na noite de anteontem, por determinação judicial. Segundo informou um dos integrantes do MST, Célio Romualdo, os sem-terra devem ficar em um galpão na Rodovia Dom Pedro I, cedido por simpatizantes do movimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.