Sem-teto deixam acampamento e invadem prédio em SP

Um grupo com aproximadamente 150 famílias, várias delas ligadas ao Movimento Sem-Teto do Centro (MSTC), invadiu um edifício abandonado na Liberdade, região central São Paulo, na madrugada deste sábado. As cerca de 500 pessoas são as mesmas que há um ano haviam invadido o edifício do antigo Hotel Danúbio, também no Centro. Na ocasião, elas ocuparam sete andares do estabelecimento, mas tiveram de deixá-lo após uma decisão do Fórum Cível Central. Depois do episódio, parte dessas famílias resolveu acampanhar nas calçadas na Avenida Nove de Julho, em frente à sede da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), ligada à Secretaria Estadual de Habitação. Segundo os líderes do movimento de ocupação, com a promessa da CDHU de que num prazo de 30 dias essas famílias estariam alojadas em imóveis, todos foram levados para um terreno na Avenida Águia de Haia, na zona leste. Um ano se passou e, como a promessa não foi cumprida, os sem teto voltaram a ocupar o outro prédio. A construção escolhida, segundo os invasores, está semi-acabada, pois as obras foram embargadas há mais de 12 anos pela Prefeitura. Policiais militares da 1ª Companhia do 7º Batalhão cercam o local da invasão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.