Sem-teto e funcionários da USP e da Unicamp fazem protestos

A manifestação de cerca de 350 integrantes do sindicato dos funcionários da USP e da Unicamp bloqueou a Avenida Sargento Mário Kozel Filho, junto à Rua Manoel da Nóbrega, no bairro de Moema, zona sul de São Paulo, na tarde desta quarta-feira, 21.De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os manifestantes estão bloqueando totalmente a via, desde às 15 horas, por isso os veículos estão sendo desviados para a Rua Marechal Stenio de Albuquerque Lima.Sem-tetoOs grupos de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto da Região Central e do Movimento de Defesa à Moradia continuam realizando manifestações no centro de São Paulo, na tarde desta quarta-feira, 21. Desta vez, os manifestantes ocupam o Viaduto do Chá, junto à Rua Líbero Badaró, sentido centro, desde às 12h20. De acordo com a Polícia Militar, o protesto é para reivindicar a disponibilização de alojamentos para as famílias que foram retiradas de prédios ocupados nas regiões da Consolação, no centro, Mooca, na zona leste, e Butantã, na zona oeste de São Paulo. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a manifestação, que segue pacífica, continua sendo realizada na calçada e não atrapalha o trânsito. Um carro de som acompanha o grupo.

Agencia Estado,

21 de junho de 2006 | 16h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.