Sem-teto e vereadores tentam diálogo com prefeito de S.Bernardo

Coordenadores do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto e vereadores da bancada petista de São Bernardo do Campo saíram por volta das 9h do terreno da Volkswagen, onde estão acampadas cerca de 6 mil pessoas, para tentar um diálogo e propor soluções ao prefeito da cidade, William Dib, do PSB. O movimento acredita que possa conseguir com que a prefeitura faça a desapropriação do terreno invadido. Antes de sair, os integrantes do movimento lamentaram, mais uma vez, o assassinato do repórter fotográfico Luiz Antonio Costa, ocorrido na tarde de ontem, e prometeram para às 16h a realização de um ato ecumênico em sua homenagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.