Sem-teto entram em confronto com PM em Osasco (SP)

No início da noite de ontem, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) que há dois anos invadiram e ainda ocupam uma área particular no Jardim Novo Osasco, em Osasco, na Grande São Paulo, entraram em confronto com policiais militares do 14º Batalhão. Oito pessoas, entre elas, um adolescente, foram detidas e levadas ao 1º Distrito Policial. Algumas pessoas sofreram ferimentos leves e foram encaminhadas ao pronto-socorro. A confusão, segundo membros da Comunidade Carlos Lamarca, formada por 80 famílias que ocupam o terreno localizado na Rua Miguel Maurício Munhoz, foi iniciada porque um dos policiais teria agredido uma mulher que segurava no colo uma criança de 10 meses de idade.Todos comemoravam e faziam algazarra em razão dos vereadores de Osasco, após reunião na tarde de ontem, mostrarem-se a favor das famílias, contra as quais o dono do imóvel moveu uma ação de reintegração de posse. A Central de Operações da Polícia Militar de Osasco negou que houve confronto entre as duas partes e informou que uma pequena confusão foi iniciada após os policiais, em patrulhamento, abordarem um desconhecido que fazia desordens em frente a um bar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.