Sem-teto invadem prédios no centro de SP

Integrantes de vários movimentos de trabalhadores e moradores sem-teto da região central da capital paulista invadiram nesta madrugada de segunda-feira cinco prédios no centro da cidade. São pelo menos 3.200, que representam 3.500 famílias de sem-teto de várias regiões da cidade de São Paulo. Todos os imóveis são de propriedade particular e, de acordo com Hamilton Sílvio de Souza, presidente do Movimento Sem-Teto da Região Central, estariam vazios há mais de 2 anos, sem cumprir uma função social.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.