Sem-teto invadem terreno no Brás (SP)

Um grupo de famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) invadiu, na noite de sexta-feira, um terreno e quatro casas abandonadas, na altura do nº 569 da Rua Vinte e Um de Abril, no Brás, região centro-leste da capital paulista. Segundo as primeiras informações, os invasores teriam chegado ao local em um ônibus que saiu da Rua Conselheiro Lafayette, na Mooca, bairro vizinho. O terreno é todo murado e possui um portão de ferro como entrada. Até às 2h30 da madrugada não havia movimentação de policiais militares em frente ao imóvel. A reportagem do Estado verificou que fora das casas havia pelo menos 20 pessoas, mas o número total de invasores pode passar de 100. Não se sabe se o terreno invadido é particular ou se pertence ao Estado ou ao Município.Esse terreno havia sido invadido em 2000, mas, em 2003, o governo estadual o comprou e retirou todas as famílias. A promessa era de lotear a área para que essas pessoas pudessem mais tarde voltar e morar regularmente, mas o projeto não saiu do papel. A demora fez com que as famílias resolvessem invadir o terreno novamente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.