Sem-teto ocupam casa abandonada no Recife

Cerca de 70 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) invadiram hoje um casarão abandonado na Rua Jundiá, bairro nobre do Rosarinho do Recife. Foi a primeira ocupação dos sem-teto em bairros da classe média e média alta.Até agora eles priorizavam terras devolutas e imóveis públicos, pertencentes ao Estado ou prefeituras. "Agora, além de lutar por moradia, lutamos contra a especulação imobiliária", afirmou uma das lideranças do MTST, Marcelo Gérson de Paula, que garantiu que novas invasões de áreas nobres estão programadas até o fim deste mês. Ele informou que esta foi a oitava invasão dentro da jornada iniciada mês passado, envolvendo três mil famílias.Segundo o líder, a casa vinha sendo ocupado por mendigos viciados e marginais. Na casa foram encontradas seringas e cola de sapateiro. Os sem-teto limpara a casa, que tem em torno de 20 cômodos, e levaram pano para improvisar cortinas, separando os espaços ocupados pelas famílias. Eles não sabem quem é o proprietário do imóvel, mas tiveram informação de que seria uma senhora que está morando no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.