Seminário do JT discute criminalidade no centro de SP

A criminalidade na região da Nova Luz, no centro da cidade de São Paulo, é tema de seminário na próxima quinta-feira, 23, promovido pelo Jornal da Tarde. O evento será realizado no auditório do Grupo Estado das 9 horas ao meio-dia. O evento contará com a presença do secretário municipal de Coordenação das Subprefeituras, Andrea Matarazzo, e Marco Antonio Ramos de Almeida, da Associação Viva o Centro. O apelido Cracolândia passou a identificar a região desde a década passada, quando as calçadas foram tomadas por crianças e adultos consumidores de crack. Além disso, contrabando, pirataria, prostituição e agências de turismo clandestinas se espalharam por toda a área. Quartos de pensões eram convertidos em escritórios do crime. A partir de 2005, ações conjuntas da Prefeitura e da Polícia Militar se tornaram mais freqüentes para melhorar a situação. O seminário é uma edição extra da série Repensando São Paulo, que de 30 de agosto a 4 de outubro, debateu uma vez por semana, assuntos como transporte e educação com o objetivo de que os dirigentes, políticos e cidadãos, possam parar um pouco e "repensar" a capital paulista.O debate é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (11) 6972-1390 ou até 30 minutos antes do início, no próprio auditório, na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, 55, bairro do Limão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.