Senado aprova mais dois diretores para a Anac

Marcelo Pacheco dos Guaranys e Alexandre Gomes de Barros vão integrar diretoria da agência

Isabel Sobral,

24 Outubro 2007 | 20h08

O plenário do Senado Federal aprovou nesta quarta-feira os nomes de Marcelo Pacheco dos Guaranys e Alexandre Gomes de Barros para integrar a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Eles vão completar os mandatos de Leur Antonio Britto Lomanto e Denise Ayres de Abreu, respectivamente, que renunciaram aos cargos há cerca de dois meses. O economista Marcelo Pacheco dos Guaranys é analista de finanças e controle do Ministério da Fazenda desde 2001 e já atuou, como secretário-adjunto da Secretaria de Acompanhamento Econômico, em processos relativos à formação de cartel e recuperação judicial de empresas. Já Gomes de Barros é engenheiro e tem experiência nas áreas de planejamento de transporte aéreo e de sistemas inteligentes de transporte aeroportuários no Brasil e no exterior. Além dessas duas indicações, o plenário do Senado já havia aprovado a indicação do brigadeiro Allemander Pereira Filho. Com isso, a Anac que só estava funcionando com o seu diretor presidente, Milton Zuanazzi, ganha agora outros três diretores. O Senado aprovou ainda nesta quarta-feira os nomes indicados para as vagas de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST): são eles os juízes Walmir Oliveira da Costa, Márcio Eurico Vitral Amaro e Maurício José Godinho Delgado. As vagas para as quais foram indicados são reservadas a juízes de carreira da magistratura trabalhista.

Mais conteúdo sobre:
crise aérea anac

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.