Senado extingue funções de 900 servidores

CONGRESSO

, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2010 | 00h00

O Senado extinguiu as funções comissionadas de mais de 900 funcionários. A medida, porém, não atinge os postos de direção e chefia, que ficam inalterados até que a reforma administrativa seja completada. As mudanças resultam da aprovação do plano de cargos e salários, em 28 de julho. Com ele, a estrutura salarial dos funcionários passou por uma regularização.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.