Septuagenária soterrada em Guarulhos é resgatada com vida

A queda de um muro que ladeia o terreno da empresa Pfizer na noite desta terça-feira, em Guarulhos, Grande São Paulo, atingiu cerca de 40 barracos que foram construídos num terreno invadido pertencente à empresa Hatsuta. A única vítima deste acidente foi Dilma Aparecida Ferreira, de 70 anos, que foi soterrada. Salva por soldados do Corpo de Bombeiros, a idosa foi levada ao Hospital Municipal de Urgências (HMU), onde deu entrada consciente. Segundo os médicos, ela não corre risco de morrer em conseqüência dos ferimentos.As causas do desmoronamento do muro ainda não foram apuradas. Técnicos da prefeitura de Guarulhos realizam perícia no local. O laudo técnico dos peritos avaliando as circunstâncias em que ocorreu o incidente deve ser emitido na próxima quarta-feira. Equipes de assistentes sociais da prefeitura, da Defesa Civil e da Guarda Civil Municipal encontram-se no local realizando o cadastramento dos desabrigados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.