Seqüestrado consegue fugir de cativeiro

Seqüestrado sábado, o comerciante M.B.M. - ele pediu para não ser identificado - conseguiu fugir ontem do cativeiro, em São Mateus, zona leste da Capital. Ele reclamou que estava passando mal e pediu um remédio ao bandido encarregado de vigiá-lo. Quando o bandido saiu para ir a uma farmácia, M. arrombou a porta, escalou a parede (com cacos de vidro no alto), ganhou o telhado da casa vizinha e pulou um muro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.